Em 16/04/2019 às 19h34

Itambé/Minas vai à final da Superliga depois de uma temporada invejável

A equipe de Belo Horizonte chegou a todas as finais de campeonatos que disputou nessa temporada

Itambé/Minas venceu a Copa Brasil (Créditos: Rodrigo Ziebell)

Itambé/Minas venceu a Copa Brasil (Créditos: Rodrigo Ziebell)

O Itambé/Minas, dono da melhor campanha desta Superliga, chega com moral para a disputa do título contra o também mineiro Dentil/Praia Clube.

A equipe minastenista esteve em todas as finais dos cinco campeonatos que disputou nessa temporada. De todas estas decisões, o time de Belo-Horizonte ganhou três títulos (Campeonato Mineiro, Copa Brasil e Sul-americano) e garantiu o vice-campeonato mundial diante do poderoso Eczacibasi Vitra (Turquia). Agora, o time se prepara para a última fase da Superliga Cimed Feminina, onde vai encarar o maior rival, o Dentil/Praia Clube.

É a primeira vez, em 25 anos de Superliga, que duas equipes mineiras disputam o título principal do torneio nacional. A final será disputada numa melhor de 3. O primeiro confronto ocorre nesse domingo (21), no ginásio do Mineirinho. Já o segundo duelo é previsto para sexta-feira (26), às 21h30, no ginásio do Sabiazinho, em Uberlândia (MG). Se necessário, o último e decisivo confronto será no dia 3 de maio (sexta-feira), às 21h30, no Mineirinho. Clique aqui e saiba como garantir as entradas da Final 1.

Retrospecto do Itambé/Minas.

Campeonato Mineiro 2018:

O Itambé/Minas montou um bom time para essa temporada. Com reforços de Gabi, Natália e Bruna Honório, esta última eleita a MVP do Campeonato Mineiro, além da capitã do time, Carol Gattaz, que vive o melhor momento da sua carreira.

Sem perder nem um set sequer, a equipe minastenista levou o título do estadual, o sexto em sua história[M1] , e mostrou que daria trabalho para as adversárias ao longo da temporada.

Campeonato Mundial de Clubes de Voleibol Feminino de 2018

O Itambé/Minas fez história na última disputa do Mundial Clubes, que ocorreu na China. Depois de 26 anos, a equipe mineira voltou a disputar a final do torneio.

Após vencer o Eczacibasi Vitra, o Itambé/Minas carimbou o seu passaporte para a final, mas foi superado na decisão contra VakifBank Istanbul (Turquia) e trouxe à Minas Gerais o vice-campeonato, o que encheu a torcida de orgulho.

COPA BRASIL

A Copa Brasil reuniu as oito equipes melhores classificadas no primeiro turno da Superliga Cimed 2018/2019.

Mais uma vez a equipe minastenista se impôs diante das adversárias e venceu todos os jogos disputados.

Na final, o Itambé/Minas encarou o Dentil/Praia Clube, fazendo assim a primeira final "pão de queijo" na temporada. Em um jogo equilibrado e eletrizante, o time belorizontino viu o duelo ser decidido no bloqueio e no ataque certeiro da ponteira Gabi, que marcou 19 pontos naquela final.

SUL-AMERICANO

Em fevereiro deste ano, o Itambé/Minas sediou o Campeonato Sul-americano de Vôlei Feminino e mais uma vez, o que se viu foi um espetáculo da equipe de BH.

O Itambé/Minas venceu todos os jogos que disputou, sem perder nenhum set, e conquistou o título decidido no confronto regional contra o Dentil/Praia Clube (Uberlândia), sendo este o segundo jogo final entre as equipes.

O destaque ficou para a central Carol Gattaz. A atleta foi a maior pontuadora na final, marcando incríveis 18 pontos. Além disso, Gattaz foi eleita e melhor jogadora da competição (MVP).

SUPERLIGA

Na Superliga o Itambé/Minas se impôs mais uma vez. Com um grande volume de jogo, o Minas só perdeu dois, dos 22 jogos disputados na fase classificatória, sendo uma derrota para o Hinode/Barueri e outra para o Dentil/Praia Clube.

Nos play-offs o Minas manteve favoritismo, e eliminou o Curitiba/Vôlei e o Osasco Audax.

A GRANDE FINAL

O Itámbé/Minas encara agora o Dentil/Praia Clube, num confronto que marcará a história da Superliga em um duelo que promete ser equilibrado em que um time mineiro será coroado o campeão da Superliga Cimed Feminina 2018/2019.


Autor: Thaís Alcântara