Em 24/07/2017 às 11h36

Brasil segue firme no Grand Prix.

A vaga para a fase final foi garantida sobre Holanda e Estados Unidos por 3 sets a 1.

Foto: Divulgação/FIVB

Foto: Divulgação/FIVB

A terceira etapa classificatória do Grand Prix de Vôlei foi intensa para o time Brasil. Comandadas pelo técnico José Roberto Guimarães, as brasileiras precisavam de dois saldos positivos nas últimas rodadas para conseguir a classificação de acordo com a combinação de resultados. As vitórias deveriam ser de até 3 sets a 1, já que o Brasil não poderia arriscar em perder nenhum ponto no mapa geral.

O ambiente estava favorável para o Brasil, que teve a chance de definir em casa, na cidade de Cuiabá. O primeiro jogo da vida foi na última sexta-feira, 21 de julho, contra a Holanda. O time verde e amarelo entrou concentrado e disposto a levar o jogo até o final. Bem no bloqueio e no saque, a equipe saiu com a vitória por 3 sets a 1, como o esperado. As parciais foram de 25/14, com baixa no segundo set, 16/25, terceiro set foi mais equilibrado por 25/19 e mais acirrado no quarto, 26/24.

O Brasil voltou a quadra no domingo dependendo apenas de si para classificar, por sua vez, os Estados Unidos já estava com a classificação garantida, mas o objetivo era terminar em melhor posição. Repetindo a atuação de sexta, as brasileiras não abriram muito espaço para o time adversário e marcou o placar limite para se classificar por 3 sets a 1, as parciais foram de 25/20, 25/13, 18/25 e 25/18.

A Fase Final acontecerá de dois a seis de agosto, em Nanjing, na China. As brasileiras estão de folga hoje (24/07) e embarcarão para o país asiático na terça-feira (25.07).

O resultado colocou o Brasil em terceiro lugar na classificação geral, com 18 pontos (seis vitórias e três derrotas). A Sérvia lidera, com 22 pontos, seguida pelos Estados Unidos, com 19. A Itália é a quarta colocada, com 16 pontos. As quatro equipes citadas já garantiram um lugar na Fase Final. A China, país sede, também está garantida.