Em 12/07/2017 às 12h29

Técnico e atleta de Minas Gerais celebram conquista de título da segunda seletiva Sul-americana, na Bolívia

Pertencentes ao Programa Viva o Esporte de Betim, Giuliano e Maria Luiza levam o Brasil ao lugar mais alto do pódio.

Após duas etapas, o Brasil lidera a seletiva sul-americana nos naipes feminino e masculino para os Jogos Olímpicos da Juventude, que será realizado em 2018, em Buenos Aires. A segunda etapa da parada aconteceu no último final de semana, em Cochabamba, na Bolívia. Thamela e Maria Luiza foram ao lugar mais alto do pódio e somaram pontos para o ranking.

A dupla feminina brasileira, Thamela/Maria Luiza (ES/MG) superaram na decisão as bolivianas Canedo/Nicole, que contavam com a torcida local, por 2 sets a 1 (21/15, 19/21 e 15/10). Na primeira etapa o Brasil havia ficado em terceiro lugar, e com o ouro desta etapa, o país chega aos 360 pontos. A Venezuela soma 340 pontos e aparece em segundo lugar no ranking. A dupla brasileira tem em sua formação duas figuras mineiras, o técnico Giuliano Sucupira e a atleta Maria Luiza, ambos do Programa Viva o Esporte de Betim. A equipe aproveitou uma semana de preparação em clubes mineiros, no espaço Horto de Betim e o Olympico Club, antes de embarcar para a Bolívia.

No naipe masculino, o Brasil terminou com a medalha de prata e está atualmente empatado na primeira colocação da seletiva. Gabriel e Johann (PR/RJ) chegaram invictos até a final, mas acabaram superados pelos paraguaios Gonza e Riveros na decisão, por 2 sets a 1 (19/21, 21/16, 21/23). O país soma duas pratas entre os homens, com 360 pontos no ranking, mesmo número que os times argentinos conseguiram até aqui.

A próxima etapa da seletiva para os Jogos da Juventude acontece de 25 a 27 de agosto, em Santiago, no Chile. Outra etapa confirmada é a da cidade de Vargas, na Venezuela, de 22 a 24 de setembro. Ao todo serão cinco vagas para os países Sul-Americanos, e os classificados sairão do ranking final do circuito de seis etapas seletivas.

A terceira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude ocorre em 2018 e pela primeira vez acontecerá fora da Ásia (China e Singapura receberam as primeiras edições). O Brasil é o atual campeão no vôlei de praia feminino, com Duda e Ana Patrícia. O vôlei de praia é uma das modalidades no programa do evento que reúne milhares de atletas entre 15 e 18 anos.

Fonte: CBV